06 outubro 2012

Crianças Más


Chegamos a um acordo de boa saúde
Que se ninguém iria cuidar de nós
Ficaríamos bem por nós mesmos
Era hora de combater o abuso
Daqueles que não merecem o nosso cuspe
Por que é que desejamos o louvor
Das pessoas que menos o merecem

Se você nos deu uma flor
Poderíamos sentar e aguá-la
Mas em vez disso vimos você tecer suas teias
E você espera que nós voemos nela
Você age como se fosse uma formiga forte
Todos nós agimos como se estivéssemos fracos
Se somente você parasse de tentar parar
Os nossos pés dançantes

Crianças más, crianças más
Escorregar pelas suas mãos como líquido
Crianças más, crianças más
Desaparecem quando você fecha suas pálpebras
Elas desaparecerão quando você fechar suas pálpebras

Pensar nisso é doloroso
É melhor aceitar tudo isso
Pensar em todas as mães e as filhas
E os pais e os filhos
Que estão esperando uma ligação
Que diz que eu não quis dizer isso
Eu te amo por ser quem você é
Você tendo feito isso nessa indústria doente ou não
Você sempre será a nossa estrela especial

Ele disse: se eu me tornasse uma flor bonita
Será que você se sentaria e falaria comigo?
Oh minhas raízes, minhas raízes estão ficando velhas
E eu estou ficando, estou ficando, que estou ficando, sozinha, sozinha
Vou me fingir de Super-Homem, eu vou fazer você se sentir seguro
Então por que você está decepcionado?
Tudo o que eu fiz para você não significa nada
Porque você se tornou mau

Crianças más, crianças más
Desaparecem quando você fecha suas pálpebras
Crianças más, crianças más
Deslizam por sua pele como líquido
Sim, eles deslizam por sua pele como líquido

Eu sou uma bola emaranhada de linha
Eu sou uma criminosa, você é a vítima
Eu sou um gato e você é o rato
E eu sou a leiteira que matou todas as vacas

Sou eu o óleo que manchou a visão?
Sou eu a tempestade que afundou o navio?
Você é o cavalo em meu carrinho
Prosseguir, prosseguir, prosseguir
Não sou eu, não sou eu, não sou eu
Que destruiu seu coração
Que destruiu seu coração
Que destruiu seu coração
Que destruiu seu coração
Ah-ah-ah

Nenhum comentário :

Postar um comentário