25 outubro 2012

Secret Heart (Versão 2) - IV


Eu não quero amigos
Eu não quero me importar
Corações famintos
Para encontrar um lar
Desista de tudo e de todos

O mundo é mentiroso
Te apresentam a vida
O que se passa é doloroso
E você procura uma saída
Tenta achar alegria

Eu quero me comportar como uma máquina
Tentam machucar meu coração
Não sou ferida por nada
Nem tudo será em vão
Os meus sentimentos uma grande lástima

Ás vezes penso que a única solução
É me juntar aos destruidores de sonhos
Talvez eu tenha razão
Todos são medonhos
Tenho de ser também
Não vou precisar de ninguém

Eu me lembro dos que não me abandonaram
Mas não esqueço dos que prometeram o mesmo e me deixaram
Não posso arriscar
Simplesmente não vou confiar
Cansei de ser trocada
De agora em diante, meu coração é de lata

Eu me comporto como uma máquina
Tentam machucar meu coração
Não sou ferida por nada
Nem tudo será em vão
As boas lembranças eu guardarei
Com oss que me fizeram bem sempre estarei

Nenhum comentário :

Postar um comentário