02 janeiro 2013

♡ Corte químico ♡


Se você, em pleno 2013, ainda acha que corte químico é um tipo de corte de cabelo que você faz no salão, venha ler isso o mais rápido possível. Quem já passou por isso sabe como é ruim e como é difícil de recuperar os fios.


O corte químico é um conflito químico ocorrido no interior do fio quando é usado duas ou mais químicas incompatíveis. A maioria dos cortes químicos acontece devido o mal uso de  relaxamento/descoloração ou por excesso de tempo do produto no cabelo.
O que acontece após o uso de químicas incompatíveis é que o cabelo se fragiliza, fica com uma aparência emborrachada e quebra. Quanto mais química houver no fio, maior a chance do corte químico ocorrer de forma avançada, queda de até 100% dos fios, com grandes chances de ocorrer já no momento do enxague. 
Os cabelos com corte químico onde se partiram não tem como emendar. Mas onde os fios ainda não se partiram, tem como evitar a quebra, repondo todas as substâncias perdidas, como, proteínas, aminoácidos, lipídios e outros nutrientes .
Sempre evite trocar de química, e se for necessário faça o teste de mecha antes.

Como fazer o teste de mecha?
“Com os cabelos secos, escolha duas ou três mechas ao longo da cabeça, divididas na parte frontal e nuca superior, nunca em áreas expostas. Em seguida, aplique o produto e analise o fio durante o tempo de ação. O tempo de pausa ideal é o tempo necessário para concluir o processo sem que exista rompimento da fibra capilar”.

Ocorreu corte químico?
Evite!
-Lavar com frequência
-Pentear
-Escovar
-Pranchar

Quer recuperar os fios?
Não existe receita milagrosa para recuperar um cabelo com corte químico, você terá muito trabalho para tentar diminuir a quebra e não tem garantias que conseguirá. O tratamento é focado para acelerar o crescimento e segurar o fio danificado, o processo é longo e exige muita paciência.
Corta, hidrata e reconstruir ajuda na recuperação da fibra capilar.

Hidratação:
Os produtos desenvolvidos para hidratação tem a função de dar emoliencia aos fios, deixando-os mais macios, fáceis de pentear e brilhantes.  
Hidrate 1 vez por semana.

Como fazer:
1º Lavar normalmente.
2º Aplicar a máscara de hidratação colocar touca térmica* e esperar 10 a 15 minutos, e enxaguar.
3º Aplicar um finalizador leave-in ou protetor térmico para finalizar.

Reconstrução:
Os cabelos que sofreram agressão química, inevitavelmente perdem proteínas, aminoácidos, lipídios e outros nutrientes com esses processos já que, normalmente, alteram a estrutura dos cabelos. Nestes casos, a frequência da reconstrução dependerá dos danos existentes nos fios, da quantidade e intensidade dos processos químicos utilizados.
O número de aplicações e os intervalos entre elas podem variar de duas vezes por semana, uma vez a cada 15 dias. 

Como fazer:
1º Lavar com Shampoo anti-resíduos.
2º Aplicar o reconstrutor, espera 5 minutos e enxaguar.
3º Aplicar a máscara de hidratação, esperar 10 minutos e enxaguar.
4º Aplicar um finalizador leave-in ou protetor térmico para finalizar
"Enquanto a hidratação faz uma capa de proteção artificial para proteger os fios, a reconstrução age mais profundamente, melhorando a saúde e a aparência do cabelo. Vale lembrar que todo mundo pode se submeter à reconstrução capilar. Esse processo também age de maneira preventiva para quem deseja fazer tratamentos químicos nos fios”.

Agora que você conhece o corte químico, mais cuidado com os seus cabelos!
Créditos: [x]
Beijos,
Nathália.

Nenhum comentário :

Postar um comentário