12 outubro 2012

Nova escritora.

Oi. Meu nome é Maria Eduarda e sou a nova escritora desse blog. Deixe apresentar-me.


Comecei a escrever e ler aos quatro anos de idade e desde então não parei mais. Muitos dizem que sou boa em digitar textos e até me indicam escrever um livro, mas sei que para poder fazer tal coisa ainda devo aprender muito e também caminhar bastante, aliás, não é uma coisa simples que qualquer ser humano é capaz de fazer. Escrever um livro, até digitar um simples texto como esse, exige muito da gramática e também da criatividade. Digo eu que tenho muitas ideias, mas minha gramática pode ser dizer que é um lixo. No decorrer dos meus posts poderão ver que haverá ocasionalmente erros de concordância. Não exijam muito de mim, eu tenho apenas 13 anos. Agora que esclareci um pouco de como sou ruim na escrita, poderei começar minha apresentação oficial.

Não sei o que falar de mim, minha personalidade não é definida e quem diz que aos 13 anos tem opiniões formadas e bem articuladas, estará mentindo. Tenho ideias sobre as coisas, mas elas estão em constante transição, ou seja, nenhuma delas é fixa. Até um tempo atrás achava que o Brasil era uma país horrível e um péssimo lugar para se morar, hoje acho que é um dos poucos que preservam sua cultura e tem concerto sim, amanhã não sei o que pensarei. Achava que a política do meu país de origem é sem causa e era um lixo, hoje vejo que era só mais uma coisa que a mídia me induzia a "pensar". Com o passar do tempo, vocês leitores, irão perceber que critico muito a geração de hoje em dia. Os senhores podem achar que sou uma pequena e tola criança com ideias fúteis e inacabadas, ou que sou apenas um adolescente em conflito com a minha personalidade. Não negarei, pois eu sou assim, mas sei que o meu mundo, que também é de vocês, está com problemas e eu sou o futuro, tanto quanto os outros adolescentes, e sei também que se essa geração continuar assim o meu futuro será um lixo, como o de outras tantas crianças que estão por vi. Eu vou mudar isso e sei que posso, não só, mas com a ajuda de todos que querem o bem da nossa nação.

Acabei falando demais sobre as minhas possíveis ações que acabei esquecendo de falar sobre como eu sou no dia a dia, então vamos lá.

Sou fã de Percy Jackson, Jogos Vorazes e Harry Potter. Comecei a ler a saga "O senhor dos anéis" e estou gostando muito. Meu estilo musical favorito é o rock e curto minimamente o pop. Eu sou a melhor dançarina da minha turma de 13 alunos. Orgulho de minhas notas e de minha paixão pelo estudo, porém não demonstro isso. Quem me vê pensa que sou lerda, idiota e muito chata, não nego que seja isso, mas ninguém me conhece como realmente sou, nem minha melhor amiga Nathália.

Antigamente minha melhor amiga era Giulia Gabriela e Adan, mas houve fatos e fatos que acabaram com essa grande amizade, que eu realmente espero que nunca volte. Por que? Pois amizade que nos faz mal não precisa existir, certo? Sofri muito com eles dois e quero que fiquem no passado. Giulia ainda posso dizer que é uma amiga que gosto muito, mas Adan simplesmente não existe mais. Ele morreu para mim.

Diria que sou filha de Hades (fãs de Percy Jackson tem essas "bocózisses" mesmo), sou da casa Slytherin e sou do distrito 2. Minha arma especial é a faca, não só em RPG, mas se houver um ataque zumbi, minha melhor defesa será as facas. Ah sim, minha série favorita é The Walking Dead e a cantora que mais escuto é Janis Joplin. Sempre quis visitar a Europa, mas meu dinheiro é curto. Eu não gosto de 90% das pessoas da minha escola, e espero nunca revê-las depois que sair de lá. Estudo no Instei, a melhor escola da Ceilândia. Lá é um tanto desafiador, e eu gosto de desafios (por causa da benção de Ares e Atena). O melhor passatempo que tenho é livros. Eu amo ler, e isso não é mentira. Das 24 horas do dia, eu passo no mínimo 12 horas lendo. Não é exagero, é amor. Trocaria todas as pessoas que conheço para que a história de pelo menos um livro virasse real. Livros são melhores que pessoas.

Bom, acho que isso é tudo que precisam saber por agora. Foi bom falar um pouco sobre mim, e quem leu até aqui tem meus sinceros agradecimentos. Até mais.





Nenhum comentário :

Postar um comentário